Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Trânsito na rotatória do Habib’s, em Mogi, deve ser sanado ainda este ano

Depois de mais de um ano travada pela Justiça, execução da obra foi liberada pelo prefeito Caio Cunha na última semana
Região da rotatória do Habib’s recebe um fluxo médio de 90 mil veículos por dia, segundo a prefeitura
Região da rotatória do Habib’s recebe um fluxo médio de 90 mil veículos por dia, segundo a prefeitura – Foto: Bianca Carapinheiro / Divulgação

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

Para os moradores de César de Souza, em Mogi das Cruzes, que sofrem com o trânsito na rotatória da Praça Kazuo Kimura, conhecida como rotatória do Habib’s, as dificuldades estão com os dias contados. Isso porque, nesta semana, o prefeito Caio Cunha (PODE) autorizou o início das obras de transformação do local para um novo sistema viário.

O projeto possui um investimento de quase R$ 6 milhões e será realizado pela prefeitura através de um processo licitatório. A obra tem previsão para ser finalizada em seis meses e vai ocorrer em etapas, sendo que nesta primeira, o trânsito no local não será afetado.

Esse será um presente de natal e tanto para os mogianos, já que deve ser entregue no final do mês de dezembro. A melhoria é aguardada há anos pelos moradores, e com razão, pois o sistema utilizado atualmente não comporta mais a quantidade de veículos existentes na cidade. Os motoristas chegam a gastar entre 25 e 40 minutos para percorrer o trecho da Avenida Francisco Rodrigues Filho entre o encontro com a Avenida Ricieri José Marcatto e a atual rotatória. Com a realização das obras, a estimativa é de melhoria de até 65% na fluidez.

“O início das obras é muito significativo pelo impacto positivo para o trânsito e pelo símbolo que ela representa. Atualmente, as pessoas que vêm da região nordeste da cidade, como bairros do Rodeio, Vila Nova Mogilar e César de Souza, perdem de 25 a 40 minutos no trânsito em um curto espaço. A obra vai trazer melhoria para a mobilidade urbana e para a vida das pessoas”, disse o prefeito.

De acordo com o último levantamento realizado pelo Senatran (Secretaria Nacional de Trânsito), em dezembro de 2023, Mogi das Cruzes possui uma frota de 285.644 veículos, sendo desses, 182.362 só de automóveis e 33.910 motocicletas.

Segundo os dados divulgados pela Secretaria de Mobilidade Urbana de Mogi, passam pela rotatória cerca 90 mil veículos por dia. Se comparado com o total da frota, é como se 30% da população da cidade passasse por esse trecho todos os dias. Ainda segundo os dados, Mogi tem dois carros para cada três pessoas, e é a cidade que mais possui veículos no Alto Tietê.

Atraso na obra

Vale lembrar que a execução do projeto estava prevista para ser iniciada em 2023, pela empresa Atlântica, concessionária responsável pelo Terminal Rodoviário Geraldo Scavone. A obra seria custeada integralmente pela empresa como forma de contrapartida para a melhoria da mobilidade, em razão da instalação de duas empresas na área do terminal. Dessa forma, a prefeitura não teria custos com o projeto. No entanto, uma ação judicial impediu o início das obras e atrasou o processo.

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique Informado!

Siga a Gazeta

Leia Também

Publicidade