Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Mogi das Cruzes terá projeto piloto do Integrar

Levantamento da força de trabalho e das culturas de todas as regiões paulistas ajudará na definição de políticas de atenção aos produtores rurais
A expectativa para a entrega dos tablets aos sindicatos rurais, é para o dia 15 de agosto / Foto: Divulgação

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

Mogi das Cruzes receberá no próximo dia 15 o projeto piloto do Integrar, um grande levantamento que a Faesp (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo), em parceria com o Senar-SP e os sindicatos rurais, fará da força de trabalho na agricultura paulista.

Em uma reunião com presidentes e coordenadores de mais de 220 sindicatos, na manhã desta segunda-feira (01), foi apresentado o cronograma do projeto, que será referência para todo o país.

O presidente do sistema Faesp/Senar-SP, Tirso Meirelles, falou sobre a importância do projeto, inédito em São Paulo, que irá possibilitar uma radiografia fiel da força de trabalho e do agronegócio no estado. Ele frisou que os dados obtidos servirão não apenas para ajudar na retomada do desenvolvimento sustentável de todas as regiões, mas dar visibilidade aos pequenos e médios produtores, identificando suas necessidades.

“Esse será um projeto essencial para que possamos conhecer o nosso campo, sua força de trabalho, seu desempenho e as políticas públicas que ainda precisamos para a região, como a questão da conectividade. Cuidem como se fosse seu filho, porque sabemos que será muito importante para os produtores rurais e a agricultura paulista”, frisou Meirelles.

O manual do projeto, assim como os formulários para a inscrição de supervisor e estagiários, será enviado nesta terça-feira a todos os sindicatos paulistas. O projeto piloto servirá para ajustar questões pontuais, para que o início do treinamento dos supervisores e estagiários, no dia 22, contemple situações identificadas nesse primeiro teste. O superintendente do Senar-SP, Mario Biral, explicou que, pela complexidade do projeto, é essencial que todas as dúvidas sejam sanadas para que o projeto flua.

“Pelos dados da Secretaria de Agricultura, são 358 mil propriedades rurais em todo o estado. Então será um trabalho hercúleo e os sindicatos terão um papel essencial no sucesso de todo esse processo, ajudando-nos com a identificação de questões que não estão no manual”, pediu Biral.

A expectativa para a entrega dos tablets aos sindicatos rurais, com o aplicativo com as questões que serão respondidas pelos produtores rurais, é dia 15 de agosto, quando também terá início o levantamento dos dados.

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique Informado!

Siga a Gazeta

Leia Também

Publicidade