Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Melhor esperar para ver

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

Matéria assinada pelo repórter Felipe Alves, desta GAZETA, revela que entre os moradores do distrito de César de Souza, em Mogi das Cruzes, é grande a expectativa de que a região finalmente receba uma nova estação de trens. 

A promessa é do Governo do Estado e tem como base o anúncio recente do projeto que deve entregar para a iniciativa privada, por meio de uma concessão pública, a administração das três linhas da CPTM que servem o Alto Tietê (incluindo Guarulhos).

Assim como os moradores de César, todos os usuários de trens vivem a ansiedade pela realização de obras de modernização de estações como a de Jundiapeba, Brás Cubas e Itaquaquecetuba, entre outras, há décadas sucateadas e longe de oferecer conforto e segurança aos usuários. 

Sem falar nas necessárias obras no entorno das linhas, como viadutos, por exemplo, que eliminariam as irritantes passagens de nível que atrasam a vida de motoristas e pedestres por todo lugar.

Contudo, quando se trata de Governo do Estado e CPTM, nunca é demais manter os dois pés bem atrás e não sair por aí acreditando piamente em uma revolução no nosso sistema ferroviário. 

Primeiro porque estamos em ano eleitoral, quando o esporte favorito dos políticos é fazer promessas. Se serão cumpridas após as eleições são outros quinhentos. Em segundo lugar, porque já vimos esse filme do “agora vai” tantas vezes e o final é sempre mesmo: “não foi”. A esperança é de que agora o roteiro seja diferente. Mas não custa, esperar para ver.

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique Informado!

Siga a Gazeta

Leia Também

Publicidade