Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Senador renuncia do cargo delatando proposta de golpe feita por Bolsonaro

Marcos do Val, eleito em 2018 pelo Espirito Santo na onda bolsonarista, contou plano para grampear e incriminar Alexandre de Moraes

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

Nesta quinta-feira (2), o senador capixaba Marcos do Val (Podemos) anunciou em suas redes sociais seu afastamento do mandato para o qual foi eleito em 2018 e teria de cumprir até 2026. A renúncia acontece com seu nome envolto em polêmicas nos últimos dias.

Após a eleição para a presidência do Senado – vencida por Rodrigo Pacheco (PSD) –, Do Val foi fortemente atacado por apoiadores de Jair Bolsonaro (PL) que o acusavam de traição, por supostamente ter votado em Pacheco ao invés do representante bolsonarista na disputa, Rogério Marinho (PL). Não é possível sequer comprovar tal afirmação, já que a votação foi secreta.

Depois da postagem de renúncia, o senador foi procurado pela GloboNews, onde fez uma revelação bombástica envolvendo o ex-deputado federal Daniel Silveira (PTB) e o próprio Bolsonaro. Na entrevista ele relata uma proposta feita por Silveira durante uma reunião ocorrida logo após as eleições de outubro de 2022, em que o ex-presidente e candidato derrotado estava presente.

De acordo com ele, a proposta era de que ele agendasse uma conversa com o ministro do Supremo Tribunal Federal e atual inimigo número um dos bolsonaristas, Alexandre de Moraes, onde, grampeado, conduziria a conversa para que o magistrado dissesse algo incriminador. Com a concordância de Bolsonaro, o objetivo final do plano era impedir a posse do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e prender Moraes, concretizando assim um golpe de estado.

Segundo Marcos do Val, sua resposta foi um pedido para pensar sobre o assunto e responder em um segundo momento, o que o deu tempo para que relatasse a proposta para o próprio ministro.

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique Informado!

Siga a Gazeta

Leia Também

Publicidade