Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Pré-candidato Saulo Souza e movimento “Muda Poá” questionam debate do Plano Diretor em ano eleitoral e com baixa participação popular

Primeiro debate aconteceu na noite de ontem (12), na Câmara; vereadores do PP e partidos que compõem grupo político marcaram presença na reunião
Foto: Divulgação

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

A revisão do Plano Diretor de Poá foi debatida em audiência pública realizada na noite de ontem (12), na Câmara. A discussão em ano eleitoral de um documento que estabelece o crescimento planejado da cidade, e sem grande participação popular, é vista com preocupação pelo pré-candidato a prefeito Saulo Souza (PP), pelos vereadores do Partido Progressistas e pelas legendas que integram o movimento “Muda Poá”.

O grupo político questiona o momento inadequado para que o plano, desatualizado desde 2006, seja debatido e votado pelo Legislativo.

“Esse é debate muito importante, porque trata sobre o futuro de Poá. Eu, como pré-candidato a prefeito preocupado com a nossa cidade, a bancada de vereadores do PP e o Movimento Muda Poá firmamos nossa posição de que se trata de um momento inoportuno, já que estamos em ano eleitoral, com uma gestão municipal chegando ao fim e sem a credibilidade necessária para debater um tema relevante como esse”, explicou Saulo Souza.

Os vereadores Saul Souza, Beto Melo e Rogério Mathias compõem a bancada progressista na Câmara, enquanto o movimento “Muda Poá” é formado pelo PP, juntamente com o Avante, o Movimento Democrático Brasileiro (MDB) e o Partido Renovação Democrática (PRD).
Participação popular

Outro ponto apontado pelo grupo é a necessidade de promover audiências também nos bairros.

“O Plano Diretor e a Lei de Uso e Ocupação do Solo, que não é atualizada desde 1979, são leis importantes que exigem o envolvimento de toda a sociedade civil, de toda a população, por isso defendemos que audiências aconteçam em várias regiões do município, para ampliar ao máximo a participação popular”, acrescentou o pré-candidato a prefeito.

Além da reunião que aconteceu na noite da última quarta-feira, também está prevista uma segunda audiência no dia 19 de junho, a partir das 18 horas, na Câmara.

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

daredacao
Reportagens - 11779
Fique Informado!

Siga a Gazeta

Leia Também

Publicidade