Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Moradores de Jundiapeba entusiasmados com a inauguração da nova Escola Viva

Prefeito Caio Cunha entrega maior obra da educação de Mogi no sábado (29)
Foto: Cecília Siqueira

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

A inauguração neste sábado (29) da Escola Viva, que será o maior complexo educacional de Mogi das Cruzes, está mexendo com a comunidade do entorno da unidade, em Jundiapeba. A entrega acontecerá às 10h30 e será aberta ao público.

Nesta semana, equipes da prefeitura estiveram realizando os últimos preparativos para a inauguração, com a instalação dos equipamentos no novo prédio. De acordo com a administração municipal, a Escola Viva representa um novo conceito de educação integral, atendendo alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental I e disponibilizando cursos e atividades para toda a comunidade.

A escola contará com três pavimentos, sendo 15 salas de aula, uma sala de recursos multifuncionais, seis salas especializadas (Laboratório de Ciências e salas de Artes, Jogos, Inovação Tecnológica, Música e Dança) e sete espaços de aprendizagem (Biblioteca, Auditório, “Cantinho da Leitura”, Sala de Estudos/Descanso e Horta; além de Quadra Poliesportiva e Piscina coberta). O prédio também terá espaços de convívio, área administrativa e serviços.

A autônoma Stefany Amorim, 30, está ansiosa pela inauguração do espaço e, junto com o marido, não vê a hora de poder matricular seus dois filhos na unidade: “Nós vimos a obra ser construída do zero. Moramos em frente e já estamos ansiosos para saber quais atividades terá além das aulas. Nós nos mudamos para cá há dois anos e nesse tempo já vimos uma grande melhora no bairro. Eu gosto muito daqui, e só tem melhorado a cada dia.”

Segundo Caio Cunha, a escola foi pensada em diversas questões educacionais: “nós queriamos criar um equipamento que agrupasse todos esses elementos importantes para o desenvolvimento do cidadão, não só as matérias convencionais, mas também atividades funcionais”.

Incentivo ao comércio

Além dos benefícios para as crianças e os moradores, o novo complexo educacional ainda irá contribuir com o comércio local. Isso porque, no entorno da unidade existe um fluxo alto de vendas devido ao número de comércios instalados.

A estudante Natalia de Souza, 15, que possui uma loja de roupas femininas com os pais, já decidiu migrar o seu ramo de negócios para poder atender as crianças: “Com a chegada da escola, até o comércio irá movimentar mais, vai ajudar bastante. Nós vamos mudar nosso ramo para bomboniere, porque acreditamos que o movimento vai aumentar”, explicou.

A vendedora Evelin de Jesus aprovou a estrutura da escola e também acredita que a chegada da unidade vai fazer bem para o comércio: “A estrutura está muito boa, perfeita mesmo, por ser uma escola pública. Mogi está arrasando. Sem contar que, para nós, que temos loja infantil, vai ficar muito bom. As mães já estão ‘brigando’ para matricular os filhos, pois essa é uma oportunidade boa para as crianças, por ser em uma região mais carente.”

Matrículas

Na quinta-feira (27), a Secretaria Municipal de Educação realizou um sorteio para definir quem vai ocupar as 120 vagas disponíveis para o segundo semestre deste ano letivo. Puderam concorrer os alunos matriculados no Cempre Profª Lourdes Lopes Romeiro Iannuzzi, EM Dr. Álvaro de Campos Carneiro, EM Verª Astréa Barral Nébias ou EM Dr. Benedito Laporte Vieira da Motta.

Para o ano letivo de 2025, a Escola Viva Jundiapeba vai operar com a capacidade máxima de 360 alunos do ensino fundamental em período integral. As inscrições serão abertas para alunos de fora da rede ou por transferência. Os interessados devem aguardar o anúncio das datas de inscrição.

Jundiapeba está na rota do desenvolvimento da cidade

A inauguração da Escola Viva em Jundiapeba, neste sábado (29), demonstra como o distrito está inserido na rota de desenvolvimento da cidade. A evolução do bairro é evidente. Somente nesta gestão já foram entregues mais de 15 obras e programas para beneficiar a população local.

As melhorias não se restringem apenas à Educação, mas a outras áreas como Assistência Social, Saúde, Habitação, Infraestrutura Urbana e muito mais. A entrega mais recente foi realizada pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, no dia 23 de junho, quando a população recebeu a Praça da Liberdade revigorada.

A região também passou a contar com o segundo restaurante Bom Prato da cidade, com capacidade para oferecer 1.100 refeições diárias, sendo 300 cafés da manhã e 800 almoços.

Outro benefício muito aguardado e celebrado pelos moradores do bairro foi a liberação dos títulos de regularização fundiária. Ao todo, mais de 4 mil famílias já foram beneficiadas, sendo que muitos esperavam pelo documento há pelo menos 30 anos. A meta é que este número alcance 10 mil famílias.

Obras/programas entregues em Jundiapeba desde 2021:

  • Incubadora Social
  • Bom Prato de Jundiapeba
  • Entrega de títulos de regularização fundiária:
  • Melhorias no Conjunto Habitacional Bezerra de Mello
  • Melhorias na Praça da Liberdade
  • Centro de Artes Marciais Jackson Durães
  • Revitalizou a quadra do Ginásio Deputado Federal Paulo Kobayashi
  • Entregou o campo de grama sintética no Centro Esportivo de Jundiapeba
  • Unidade do Mogi Conecta Emprego no CIC de Jundiapeba
  • Escola Viva Jundiapeba
  • Revista Meu Lugar sobre Jundiapeba
  • Revitalização da creche (CEIM) Professor João Gualberto Mafra Machado
  • Nova Creche (CEIM) Educador Maurício Chermann
  • Início da atividade em duas creches – CEIMs (Centros de Educação Infantil Municipal) Vereador José Marcos Gonçalves e Professora Leila de Queiroz Beneforti
  • Novo Posto da Estratégia Saúde da Família
Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique Informado!

Siga a Gazeta

Leia Também

Publicidade