‘Jogue limpo com Itaquá’: Peralta Ambiental auxilia a prefeitura a tornar o município mais limpo

De domingo a domingo, dezenas de trabalhadores vestidos com uniformes laranjas ocupam os quatro cantos de Itaquaquecetuba. Em um curto intervalo de tempo, surpreendem quem tem o costume de circular pela cidade, pois conseguem transformar áreas até então tomadas pela sujeira em ambientes totalmente limpos. O trabalho é resultado de uma força tarefa exigida pela gestão Eduardo Boigues (PP) à empresa Peralta Ambiental, responsável pelos serviços de capinação e varrição no município.

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

Colaboradores da empresa estão na linha de frente de força tarefa de limpeza do município; 20 bairros já receberam ação

Por Lailson Nascimento / Foto: Bruno Arib

De domingo a domingo, dezenas de trabalhadores vestidos com uniformes laranjas ocupam os quatro cantos de Itaquaquecetuba. Em um curto intervalo de tempo, surpreendem quem tem o costume de circular pela cidade, pois conseguem transformar áreas até então tomadas pela sujeira em ambientes totalmente limpos. O trabalho é resultado de uma força tarefa exigida pela gestão Eduardo Boigues (PP) à empresa Peralta Ambiental, responsável pelos serviços de capinação e varrição no município.

Desde janeiro, a força tarefa vem mantendo uma média mensal de 3,4 mil toneladas de resíduos e matos retirados das ruas de Itaquá. Segundo a https://portalgazetaregional.com.br/wp-content/uploads/2023/06/ed440.pngistração municipal, o serviço já foi realizado em mais de 20 bairros, além de ter atendido escolas municipais. Devido à extensão territorial, o cronograma segue atendendo toda a cidade.

De acordo com o diretor da filial da Peralta em Itaquá, Rodrigo Gonçalves, foi preciso reforçar o quadro de colaboradores para atender o pedido da prefeitura.

“O prefeito solicitou um acréscimo de funcionários para o serviço de varrição e capinação, além de exigir a limpeza de bueiros. Hoje temos mais 40 funcionários para esse tipo de serviço. Tínhamos 220 e passamos a contar com 260 funcionários, sendo 40 funcionários exclusivos para a capinação.”

Ao reconhecer que existia um déficit de zeladoria, a empresa passou a coordenar os mutirões de limpeza, inclusive aumentando equipamentos para o serviço, como é o caso de um caminhão compactador para poda e um caminhão basculante para fazer limpeza de bueiros. “A empresa está contente de atuar em Itaquá. A sensação é bem satisfatória, porque a gente está aqui para deixar a cidade limpa”, resumiu Gonçalves.

Ao antecipar que a https://portalgazetaregional.com.br/wp-content/uploads/2023/06/ed440.pngistração municipal deve inaugurar oito ecopontos ainda esse ano, o diretor da Peralta lembrou a importância da participação da população no processo de limpeza.

“A gente está contando muito com a ajuda da prefeitura, porque sem a fiscalização também não é possível executar o serviço. E também contamos com a população, pois ela é peça chave para que isso aconteça. Se a população não ajudar, a gente vai ficar só patinando.”

Segundo a prefeitura, já foram feitas seis notificações contra descarte irregular de lixo e 32 denúncias atendidas. Para contribuir, além de descartar lixos e outros materiais apenas no ecoponto da cidade, que está localizado na Rua Jacamim, 350, no bairro Jardim Odete, a população pode acionar a GCM por meio de denúncia no 153. “Vale ressaltar que é importante que seja feita uma foto ou vídeo que identifique o descarte de lixo, bem como a placa do veículo”, concluiu.

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Uma resposta

  1. Eu gostaria muito de fazer parte do quadro de funcionario desta empresa como motorista tenho curso do mopp atualizado cat D sera um prazer

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique Informado!

Siga a Gazeta

Leia Também

Publicidade