Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

InfoItaquá: a sua oportunidade de fazer curso de informática de graça

Oportunidades são para estudantes que tenham 12 anos ou mais e as inscrições devem ser feitas até 31 de janeiro

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Itaquaquecetuba abriu 252 vagas para o curso de informática básica do projeto InfoItaquá. As oportunidades são para estudantes com 12 anos ou mais e as inscrições devem ser feitas até 31 de janeiro na sede da pasta, localizada na Rua Dom Thomaz Frey, 89, Centro, que atende de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.

Oferecido pela prefeitura em parceria com o campus do IFSP (Instituto Federal) da cidade, as aulas começam dia 6 de fevereiro e serão realizadas por dez semanas consecutivas. As oportunidades são divididas em 192 vagas para aulas de manhã e à tarde na secretaria (a partir de 12 anos) e 60 para o IFSP (Rua Primeiro de Maio, 500 – Estação) à noite (a partir de 16 anos).

A formação aborda desde a introdução à informática, passando por sistemas operacionais, redes de computadores, segurança da informação, até computação em nuvem e armazenamento de dados. Os alunos terão atividades ao concluir cada etapa e uma avaliação final.

“Com uma linguagem de fácil compreensão, o InfoItaquá promove iniciação à informática de forma que não exige conhecimento prévio. É uma grande oportunidade para os nossos jovens”, disse o secretário de Desenvolvimento Econômico, Luciano Dávila.

Para a inscrição, é necessário apresentar RG, CPF e comprovante de residência (original e cópia). Menores de idade devem estar acompanhados por um dos pais ou responsável legal com documento de identidade original. Além disso, os interessados no horário noturno devem comprovar que trabalham ou estudam durante o dia.

O prefeito de Itaquá, Eduardo Boigues – Foto: Bruno Arib

“O curso também oferece chats, fóruns e jogos virtuais para reforço do aprendizado. Ou seja, a gameficação do processo didático. Hoje a inclusão digital deve ser tratada com atenção especial e a oferta de cursos dessa natureza é de extrema importância para a qualificação e desenvolvimento do município”, completou o prefeito Eduardo Boigues (PP).

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique Informado!

Siga a Gazeta

Leia Também

Publicidade