Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Prefeitura de Poá e EDP assinam convênio de captação de energia solar e instalação de lâmpadas de LED

Projetos totalizam R$ 1,17 milhão e representam compromisso da empresa com a sustentabilidade; unidade hospitalar do Medina será a primeira beneficiada
Foto: Divulgação

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

A Prefeitura de Poá e a EDP assinaram nesta segunda-feira (24) dois convênios do PEE (Programa de Eficiência Energética) em benefício da cidade. Ao todo, R$ 1,17 milhão serão investidos pela EDP na instalação de um sistema de captação de energia solar para o abastecimento da unidade de Saúde Dr. Guido Guida, no Jardim Medina, e na substituição de 320 pontos de iluminação pública por LED do município.

A assinatura dos convênios aconteceu na sede da administração municipal, com a presença do diretor da EDP em São Paulo, Marcos Campos, da prefeita de Poá, Marcia Teixeira Bin de Sousa (PSDB), do secretário de Saúde, Alexandre Provisor, do secretário de Obras, Francinaldo Alves, além dos representantes da EDP.

“Quero parabenizar toda a equipe das Secretarias de Obras e de Saúde por trabalharem para que este projeto fosse viabilizado, pois trará uma economia muito grande para o município”, disse a prefeita Marcia Bin.

“É muito gratificante poder contribuir com o desenvolvimento sustentável das cidades. E, com a assinatura destes dois novos convênios, a EDP reforça seu compromisso de criar e manter parcerias entre a concessionária e o Poder Público, implantando iniciativas de impacto social e que contribuem para ampliar a qualidade de vida da população”, destaca Marcos Campos, diretor da EDP em São Paulo.

Um dos convênios terá como foco a eficientização da unidade de Saúde do Medina, com a instalação de um sistema fotovoltaico com capacidade de 114,38 kWp, visando reduzir os gastos com energia elétrica. Isso significa uma economia de 53% na fatura, o equivalente ao consumo de cerca de 80 famílias. Esse convênio prevê ainda a substituição de 16 luminárias de maior consumo por equipamentos LED. O investimento da EDP neste projeto é de R$ 682,8 mil.

A prefeita Marcia Bin ressaltou que esse trabalho em conjunto com a EDP sempre gera bons resultados para o município. “Esta parceria trará, sem dúvida, economia no consumo e também vai equipar a unidade de saúde com esta nova tecnologia. Estamos sempre prontos a trazer benefícios para nossa cidade”.

“Este é primeiro prédio público da cidade a receber o sistema de captação de energia solar. Esperamos que o projeto seja estendido a outros locais, já que a maioria de nossos prédios é particular”, completou o secretário de Saúde, Alexandre Provisor, parabenizando a Administração Pública pela iniciativa.

Mais benefícios

O segundo convênio é destinado à modernização de 320 pontos da iluminação pública, com a substituição de luminárias comuns por LED. Com a instalação, será possível reduzir o consumo de energia da administração municipal, referente à iluminação pública, em aproximadamente 591 MWh/ano, o equivalente ao consumo médio anual de mais de 240 famílias. O investimento da EDP neste projeto é de R$ 495,7 mil.

Entre 2020 e 2024, foram firmados quatro convênios de eficiência energética voltados à iluminação pública de Poá. O valor total dos investimentos chega a R$ 3,14 milhões, aplicados na substituição de mais de 2 mil luminárias.

As luminárias LED oferecem uma combinação de redução do consumo de energia, longa vida útil, maior visibilidade e baixo impacto ambiental, tornando-as uma escolha cada vez mais popular e recomendada para iluminação pública. Com melhor luminosidade, contribuem para a segurança urbana, além de economia ao poder público municipal e menor impacto ao meio ambiente.

“Entre outros benefícios, também posso citar a pouca necessidade de manutenção das luminárias; o baixo consumo de energia elétrica da luminária; a redução no consumo de energia no final do mês; a redução de gastos ao logo dos meses; e as luminárias de LED são perfeitas para iluminação de vias públicas”, explicou a prefeita.

Segundo os representantes da EDP, a instalação do sistema de captação de energia solar para o abastecimento da unidade de Saúde do município iniciará em agosto e terá duração de quatro meses. Já a substituição das luminárias comuns por LED na iluminação pública iniciará também em agosto com prazo de término de dois meses.

Chamada Pública

A Chamada Pública de Projetos de Eficiência Energética da EDP também vai destinar recursos para iniciativas em Guarulhos e em São Sebastião. Ao todo, serão investidos R$ 2,1 milhões em quatro projetos.

Os projetos aprovados foram avaliados por uma comissão julgadora formada por colaboradores da EDP, conforme critérios técnicos estabelecidos no edital regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

A Chamada Pública de Projetos do Programa de Eficiência Energética da EDP é regulada pela Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL. Mais informações em: https://www.edp.com.br/eficiencia-energetica/

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

daredacao
Reportagens - 11773
Fique Informado!

Siga a Gazeta

Leia Também

Publicidade