Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Implantes de silicone podem romper? Médico cirurgião explica

Uma prótese de silicone pode também sair do lugar original
Hoje, a principal causa de novas operações em quem colocou prótese é a procura por melhora estética / Foto: Divulgação

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

Uma dúvida de quem deseja colocar ou já implantou silicone nos seios é a respeito do rompimento do implante e o que é preciso fazer em caso de traumas e outros problemas. 

“Eventualmente os implantes de silicone podem se romper após traumas, como acidentes de carro ou outras colisões. Os implantes de silicone podem se romper também com o passar do tempo. Os implantes mais antigos se rompiam com mais facilidade e por isso havia uma recomendação de troca a cada 10 anos. Com o desenvolvimento de implantes mais seguros e resistentes já não existe essa recomendação”, explica Dr. Diego Rafael, cirurgião plástico da AClinic, de Belo Horizonte ( MG).  

Uma prótese de silicone pode também sair do lugar original. “Isso ocorre porque o tecido se movimentou devido a flacidez e perda de peso, por exemplo . As próteses texturizadas tem menos migração que as de superfície lisa. As próteses que são colocadas com técnicas mais atuais como o dual plane, sutiã interno e alça lateral são mais estáveis e tem menor risco de migração”, alerta Dr. Diego Rafael. 

Hoje, a principal causa de novas operações em quem colocou prótese é a procura por melhora estética, seja porque o paciente envelhece ou porque mudou de peso. “Não são as migrações ou as rupturas de prótese que levam o paciente a operar de novo, na grande maioria das vezes”, orienta o cirurgião da AClinic, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. 

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique Informado!

Siga a Gazeta

Leia Também

Publicidade