Câmara de Itaquá convoca Sabesp para reunião, mas empresa cancela de última hora

Encontro foi convocado para falar sobre problemas na coleta de esgoto da cidade; cancelamento causou revolta nos vereadores
Câmara Municipal de Itaquaquecetuba
Câmara Municipal de Itaquaquecetuba - Foto: Bruno Arib / Arquivo GAZETA

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

A Câmara Municipal de Itaquaquecetuba havia agendado, para as 15h desta quarta-feira (7), uma reunião com representantes da Sabesp para discutir os serviços prestados por ela, principalmente referente à coleta de esgotos, na cidade. Com menos de 24h de antecedência, porém, os parlamentares receberam uma nota técnica da empresa cancelando a participação.

O cancelamento repercutiu na 1ª sessão ordinária da Casa, ocorrida nesta terça-feira (6), com vereadores manifestando sua indignação com o ato.

É o caso de Edson Moura (PL), autor do requerimento que gerou a convocação, que sugeriu recorrer a todos os meios necessários para que o encontro seja remarcado: “Estou indignado! A Câmara fez uma convocação para a diretora da Sabesp em dezembro. Em janeiro, eles responderam que viriam. E hoje, um dia antes da reunião, cancelaram e mandaram um relatório. Esta Casa não está brincando! Queremos a presença deles para explicar porque o esgoto está sendo jogado na rua e as pessoas pagando por isso. Sugiro fazermos outro requerimento e se eles não comparecerem entramos por meio judicial.”

Vereador Edson Moura (PL) – Foto: Divulgação

O presidente da Câmara, vereador David Ribeiro da Silva (PP), o David Neto, ressaltou que é papel dos vereadores fiscalizar os serviços da Sabesp e que a empresa deveria ter comparecido na reunião.

“Eles têm responsabilidade com o município. Uma vez convocados, têm que comparecer para dar as explicações. Na minha opinião, jogar toneladas de esgoto no rio é crime ambiental”, pontuou.

Apesar de não enviar um representante para a reunião, a Sabesp respondeu aos questionamentos dos vereadores, que queriam saber sobre o sistema de tratamento de esgoto e de obras de melhorias para o município. Sobre a EEE (Estação Elevatória de Esgoto) Itaquaquecetuba, a companhia informou que uma inundação ocorrida em março do ano passado causou prejuízos nos serviços, que a unidade está recebendo concertos e deve voltar a funcionar no final deste ano. Já a EEE Três Pontes está funcionamento normalmente.

A companhia apontou ainda duas obras acabadas no ano passado, outras duas em andamento e projetos em licitação, como o Programa Integra Tietê, “que prevê uma série de medidas de curto, médio e longo prazo em prol do maior rio do Estado, incluindo ações específicas para o município de ltaquaquecetuba”, informa em nota. As respostas foram para as perguntas feitas pelos vereadores por meio do requerimento n.º 353/2023.

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique Informado!

Siga a Gazeta

Leia Também

Publicidade