Vacinação Solidária de Arujá vai ampliar postos de arrecadação de alimentos na próxima semana

A campanha Vacinação Solidária de Arujá será estendida para demais pontos além do Ginásio Habib Tannuri. A partir da desta segunda (12), interessados em ajudar podem levar as doações de alimentos não perecíveis para os pontos de vacinação contra a H1N1.

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

Município pede a sensibilidade da população para ajudar a quem mais precisa nesse momento de pandemia

Da Redação / Foto: Divulgação

A campanha Vacinação Solidária de Arujá será estendida para demais pontos além do Ginásio Habib Tannuri. A partir da desta segunda (12), interessados em ajudar podem levar as doações de alimentos não perecíveis para os pontos de vacinação contra a H1N1.

A imunização contra a gripe será realizada na Avenida Amazonas, altura do n° 100 (em frente ao Clube União), e no Ginásio de Esportes Mário Covas, no Parque Rodrigo Barreto, na Avenida Dr. Armando Colângelo, 1584. Os dias e horários de atendimento nos dois locais serão de segunda a sexta-feira, das 8 horas às 16h30.

Para receber a dose, não é necessário agendamento, apenas comparecer aos locais munido da carteirinha de vacinação (se tiver), documento de identidade e comprovante de endereço. O atendimento será feito pelo método drive-thru somente na Avenida Amazonas, mas no ginásio Mario Covas, no Barreto, não será adotado esse sistema, bastando comparecer até o local. Nesses dois lugares será feita somente a vacinação contra a gripe causada pelo H1N1 e não é preciso agendar.

Já a vacinação contra a Covid-19 ocorre apenas no Ginásio Municipal Habib Tannuri, mediante agendamento. No local, também acontece a Vacinação Solidária (Rua Maranhão, 386, rua da feira do Centro), das 8 horas às 16 horas, de segunda a quinta-feira.

O Fundo Social de Solidariedade também recebe as doações em sua sede na Avenida Amazonas, 743, em frente à Igreja Assembleia de Deus, de segunda a sexta-feira, das 9 horas às 16 horas.

União

A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Clau Camargo, pede a colaboração da população e lembra que qualquer ajuda será bem-vinda nessa época de pandemia.

“A vacinação solidária é uma dose de esperança. Além disso, o ato de doar o alimento é um alento para aquelas pessoas e famílias que perderam o emprego nessa pandemia ou que passam por dificuldades”, destacou.

O telefone do Fundo Social de Solidariedade para mais informações é o (11) 4651-4097.

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique Informado!

Siga a Gazeta

Leia Também

Publicidade