Terça-feira carregada do estigma do atual Brasil

A última terça-feira (4) se junta à narração dos horrores vividos pelo Brasil nos últimos anos e intensificados a partir de 2019 até o calendário atual, ilustrado no tsunami de casos que deixam a mente pensar que o próprio Satanás saiu do inferno para dar um passeio sobre o país.

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

Da Redação / Arte: André Jesus

A última terça-feira (4) se junta à narração dos horrores vividos pelo Brasil nos últimos anos e intensificados a partir de 2019 até o calendário atual, ilustrado no tsunami de casos que deixam a mente pensar que o próprio Satanás saiu do inferno para dar um passeio sobre o país.

A população brasileira sofre a esmo. Famintos, desempregados, desiludidos e mortos aos milhares por todos os cantos. Na terça-feira, o ápice da tortura humana chegou ao grau insuportável de dor no assassinato de crianças e funcionários de uma creche, em Santa Catarina.

O assassinato de inocentes, no sentido literal da palavra, zera as possibilidades de crença de que há esperança na humanidade que mata e destrói tudo, até o que verdadeiramente simboliza a continuidade da espécie.

As centenas de mortes noticiadas dia a dia explodiram naquelas crianças mortas. Como se não bastasse a comoção do país, doente com todo o sortilégio maligno, o ator Paulo Gustavo saiu de cena na terça-feira, levado pela Covid-19.

Contando todos os dias mais terríveis do Brasil, a última terça vai para a galeria do horror nacional na categoria “piores dias dos brasileiros”. Esses, tomados pela visão de terror do país repartido e alquebrado, agonizando em praça pública ante aos olhos estarrecidos de outras nações do mundo.

Ainda na terça-feira começou a CPI da Covid, talvez a corda que vai puxar o país do fundo do poço para a luz. Também na terça (4) acabou o BBB, e muita gente não viu ou se deu conta de todo o mal acontecido.

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique Informado!

Siga a Gazeta

Leia Também

Publicidade