Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Secretaria de Turismo de Ubatuba reúne setores do trade para ouvir reivindicações

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

Prefeita Flávia Pascoal vai fomentar medidas relacionadas à pandemia

Da Redação / Foto: Divulgação

A Secretaria de Turismo promoveu, na manhã desta quinta-feira (21), um encontro com representantes de cada segmento ligado ao Turismo de Ubatuba, a fim de ouvir e reunir as principais reivindicações das classes levando-se em conta, e em primeiro lugar, o respeito à vida e à disseminação da Covid-19.

Ao final, esses pontos irão compor um relatório, que será encaminhado ao Comitê Covid-19 e à prefeita Flávia Pascoal (PL) para fomentar os estudos das medidas relacionadas à pandemia.

Além de solicitações quanto ao funcionamento, alguns setores pediram mais especificação na redação do Decreto e medidas mais enérgicas perante o descumprimento das normas – o que reforça a necessidade de fiscalização.

Sobre isso, o secretário da pasta, Alessandro Luís Morau, previamente informou que a prefeitura, por meio de mecanismos, está aumentando a fiscalização, por exemplo, com a ajuda dos policiais militares e GCMs que atuam no setor durante as folgas.

“O objetivo é aumentar a fiscalização até mesmo como meio de investimento, pois o valor das penalidades será revertido em benefícios para o próprio município”, ponderou Morau.

O secretário também não descartou a possível regressão da cidade para a Fase Vermelha, com mais restrições, e solicitou que todos pudessem compreender o intuito da reunião.

“Independente dessa reunião, não sabemos se iremos mudar de fase porque essa possibilidade existe, se observarmos o aumento no número de casos e a taxa de ocupação dos hospitais da região. Temos que ter essa consciência”, alertou.

Morau ainda comentou algumas medidas que a pasta já vem viabilizando, como providencias judiciais para suspender locações por aplicativos; ideias inovadoras para a fiscalização, como o uso de lanchas para verificar o setor náutico e o uso de drones e a elaboração do Decreto que regulamenta a Lei Cama e Café – já aprovada na Câmara Municipal.

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique Informado!

Siga a Gazeta

Leia Também

Publicidade