Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Por meio do movimento ‘Muda Poá’, Saulo Souza quer renovar a cidade

Pré-candidato a prefeito de Poá participou do programa ‘Política se Discute’, produzido pela GAZETA no Youtube
Confira a entrevista completa no canal da GAZETA no Youtube
Confira a entrevista completa no canal da GAZETA no Youtube - Foto: Divulgação

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

“Poá precisa de renovação e a população merece.” Com essas palavras, o pré-candidato a prefeito de Poá, Saulo Souza (PP), definiu o lema do projeto “Muda Poá”. Em entrevista ao programa Política Se Discute, que é transmitido pelo YouTube da GAZETA, ele fez uma análise sobre o passado do município, uma reflexão sobre o presente da cidade e defendeu “mudança e transformação para Poá”. Confira os principais trechos da entrevista:

GAZETA: Pra gente situar o leitor, quem é o Saulo Souza?

Saulo Souza: Eu tenho a maior alegria de chegar até esse nosso encontro na certeza de que na nossa longa trajetória de vida até aqui eu pude contar com o apoio de tantos verdadeiros heróis e heroínas anônimos. Destaco, naturalmente, a minha confiança em Deus, a importância de Deus na minha vida, e a importância da família de amigos leais. E como eu disse, de tantos verdadeiros heróis e heroínas anônimos que me ajudaram a me tornar quem eu sou.

Abri um blog em 2007, comecei a debater assuntos relacionados à nossa cidade e ingressei em Conselhos Municipais. Com toda essa bagagem a gente começou a participar da vida pública da cidade, das principais discussões.

GAZETA: E como foi entrar nas disputas eleitorais?

Saulo Souza: Primeiramente acompanhei meu pai, o Dr Saul Souza, nas eleições para vereador em 2004 e 2008. Depois, em 2012, eu disputo a minha primeira eleição e quase ganho o pleito, afinal, tive uma votação bastante expressiva, mas bati na trave. Finalmente, em 2016, tive a felicidade de ser um dos vereadores mais votados da nossa cidade, com quase 2 mil votos.

Tivemos um mandato como vereador bastante combativo. Abri mão de carro oficial; abri mão de motorista; viajei com recursos próprios para a Bolívia para barrar o empréstimo milionário que a gestão da época tentava contratar, de 30 milhões de dólares, com indícios de desvios que, certamente, iria quebrar nossa cidade; iniciei as transmissões ao vivo que eu faço todas as quintas-feiras para prestar contas do nosso trabalho.

GAZETA: Ou seja, esse mandato combativo lhe fez disputar a eleição para prefeito em 2020 …

Saulo Souza: Exato. Diante de tudo isso, e com apenas um único mandato como vereador, nós tivemos o reconhecimento por parte da população, que nos impulsionou para a candidatura a prefeito de Poá em 2020. Foi surpreendente, pois era uma corneta na mão, um vice-candidato que nunca tinha participado de uma eleição, um conjunto de candidatos que estavam estreando em campanhas, uma pequena tenda na região central, que era o nosso ponto de distribuição de material de campanha, enfrentando candidaturas gigantes, e tivemos a felicidade de bater na trave, chegar em segundo lugar e quase ganhar aquela eleição. Ali ficou evidente que não é dinheiro que ganha uma eleição, o que ganha eleição é trabalho, é trajetória, é coragem para fazer diferente, é alguém que está perto das pessoas para estar longe do erro.

2 anos depois vem um segundo desafio extraordinário, que foi representar a nossa cidade como candidato a deputado estadual. E mais uma vez a gente fez história ao lado da população poaense. Pela primeira vez um candidato a deputado estadual da cidade alcançou a maior votação dentro do município. Nunca antes um deputado estadual da nossa cidade alcançou a votação que nós alcançamos. Isso revela o carinho da população, isso revela o reconhecimento generoso da população a um trabalho transparente, desprendido compromissos com erros, um trabalho realmente voltado para as pessoas que mais precisam.

GAZETA: E com esse tamanho que você vem para a disputa em 2024?

Saulo Souza: Independente de mandato e de caneta na mão, sempre atuamos a favor das famílias que mais precisam na nossa cidade. Essa foi a trajetória que me trouxe até aqui, e toda essa trajetória eu tenho colocado à disposição da população.

Entendo que o fato de eu ter sentido na pele, tendo passado por todas as dificuldades, não tem como eu não ter a coragem de ser a voz e representar aqueles que mais precisam.

GAZETA: Ou seja, você não desistiu de Poá.

Saulo Souza: O sonho que nós temos para Poá é um sonho lindo demais pra gente desistir, é um sonho que coroa uma trajetória de mais de 30 anos servindo a população, é um sonho de mudança, é um sonho de transformação, e a gente fica muito feliz, porque por onde a gente tem passado, a gente tem encontrado cada vez mais mentes e corações dispostas a somar conosco nesse grande sonho de mudança para Poá. Inclusive de pessoas que já foram secretários municipais, já foram vereadores da nossa cidade, e decidiram, de coração aberto, somar forças conosco sem esperar nada em troca. Sem conchavo, sem barganha, sem negociata política. São pessoas que estão tendo a humildade de reconhecer uma ideia cujo tempo chegou, e isso não tem nenhum problema. Encontro na rua, inclusive, muitas pessoas que votaram na última eleição na atual gestão e dizem o quanto se arrependeram de ter votado errado.

CONFIRA A ENTREVISTA COMPLETA:

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique Informado!

Siga a Gazeta

Leia Também

Publicidade