Movimento nos transportes metropolitanos tem queda média de 10% na fase emergencial do Plano SP

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

Redução de passageiros em toda a rede foi de 61% nesta terça-feira em comparação com período antes da pandemia do coronavírus

Da Redação / Foto: Divulgação

O Governo de São Paulo anunciou queda média de 10% no número de passageiros transportados nos transportes metropolitanos – CPTM, Metrô e EMTU – em comparação com as últimas semanas. A redução ocorre após o início da fase emergencial do Plano São Paulo, quando houve orientações de escalonamento do horário de entrada e saída de trabalhadores da indústria, de serviços e do comércio.

“Nós reforçamos essa medida do escalonamento. Ela é fundamental para que nós consigamos mais um elemento para reduzir o contato entre as pessoas e manter o distanciamento”, afirmou o Coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus, Paulo Menezes.

“O meu apelo é que todos os setores e todas as empresas contribuam com a sua parte para nós podermos reduzir a transmissão do vírus e sair da situação em que nós estamos”, completou Paulo Menezes. O anúncio ocorreu durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes nesta quarta-feira (17).

Na terça-feira (16), a redução de passageiros chegou a 61% na média, entre as três empresas, em comparação com o período antes da pandemia do coronavírus, quando transportavam cerca de 10,5 milhões de passageiros por dia.

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique Informado!

Siga a Gazeta

Leia Também

Publicidade