Guararema é a primeira cidade da região a retomar aulas presenciais

Guararema é a primeira cidade do Alto Tietê a retornar as aulas presenciais. No município os alunos da pré-escola e do Ensino Fundamental I (1° ao 5° ano) voltaram às salas de aula nesta segunda-feira (18). A GAZETA percorreu algumas das unidades escolares para saber como foi esse retorno.

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

A GAZETA esteve na cidade e percorreu algumas das unidades escolares

Por Giovanna Figueiredo / Fotos Bruno Arib

Guararema é a primeira cidade do Alto Tietê a retornar as aulas presenciais. No município os alunos da pré-escola e do Ensino Fundamental I (1° ao 5° ano) voltaram às salas de aula nesta segunda-feira (18). A GAZETA percorreu algumas das unidades escolares para saber como foi esse retorno.

Os alunos de cada turma foram divididos em grupos que frequentarão as aulas em dias alternados durante a semana. Em média, as escolas estão operando com capacidade de 26% do total de alunos e somente 20, das 25 unidades, voltaram a receber estudantes. Nos dias em que não forem à escola, os alunos terão aulas não presenciais.

Ao chegar à unidade escolar, os alunos são recebidos por funcionário que verifica a temperatura, em seguida, eles são orientados a passar por a limpar os pés em um tapete higiênico e passar álcool em gel nas mãos. As crianças foram orientadas a levarem suas próprias garrafinhas e todos os ambientes das escolas estão sinalizados para que o distanciamento social seja mantido.

O retorno é feito de forma gradual e facultativa, de acordo com consulta pública realizada pela Prefeitura de Guararema, 53% dos pais e responsáveis são a favor do retorno às aulas presenciais.

A atendente Juliana Cardoso, afirmou que se sentiu segura para levar a filha para a aula.

“Me senti segura para trazer, ela também estava querendo vir para aula”, explicou.

A vó Maria de Lourdes também é a favor do retorno.

“Uma hora ia ter que voltar. A gente corre tanto risco fazendo outras coisas, tudo já voltou, só as aulas que ainda não haviam retornado”, afirmou.

A movimentação é bem tranquila e as crianças demostram empolgação com o retorno.

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique Informado!

Siga a Gazeta

Leia Também

Publicidade