Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Governo de SP confirma construção de escola de tempo integral em Arujá

Município já conta com 14 escolas estaduais, que atendem 8,7 mil alunos
O anúncio foi feito pelo governador diretamente ao prefeito Dr. Camargo I Foto: Divulgação

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

A Prefeitura de Arujá, representada pelo prefeito Luis Camargo (PSD), o Dr Camargo, já havia anunciado que a região onde fica instalado o Complexo Esportivo do Calango, que compreende o Jardim Emília, Joia, Leika, Cerejeiras, CDHU, Recanto Primavera, Jardim Tupi, Sítio dos Fernandes e Fazenda Albor, receberá uma escola estadual de período integral. A declaração foi ratificada recentemente pelo governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) algum tempo após o prefeito ter se reunido com o secretário estadual de Educação, Renato Feder e com o próprio governo, solicitando a construção de uma escola do estado na região, para atender 600 jovens estudantes do Ensino Fundamental II e do Ensino Médio.

De acordo com a última estimativa, Arujá conta com cerca de 14 escolas estaduais e 8,7 mil alunos. Pois nessa semana, o Governo do Estado fez a importante confirmação na área da Educação, anunciando que Arujá foi contemplada, entre os 29 municípios selecionados em leilão, no âmbito do Programa de Parcerias de Investimentos do Estado de São Paulo (PPI-SP), em uma clara demonstração de que os olhos e ouvidos do Estado estão atentos também na direção de Arujá.

O projeto de PPP (Parceria Público-Privada) para a construção de 33 novas escolas no Estado, entre elas, uma em Arujá, terá o edital publicado nos próximos meses e as unidades de ensino a serem construídas, nas 29 cidades qualificadas, irão oferecer vagas de tempo integral na rede estadual de Ensino Fundamental II e Médio, informou o Governo do Estado. Ele será dividido em dois lotes, sendo o primeiro deles, o Oeste, para a construção de 17 escolas e o segundo, o Lote Leste, incluindo 16 unidades de ensino (será neste que está incluído Arujá).

O Governo do Estado explicou ainda que as novas escolas contarão com três modelos: de 21 salas de aula, 28 e 35. A estrutura possuirá ambientes integrados e interligados, tecnologia interativa, auditório de múltiplo uso, ampliação de espaços esportivos e culturais, espaços de vivência, para estudo individualizado e de inovação. Depois da publicação do edital, serão divulgados mais detalhes sobre o prazo de construção.

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique Informado!

Siga a Gazeta

Leia Também

Publicidade