Doria recua e adia flexibilizações no Estado em 14 dias

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou hoje (26), a suspensão de maiores flexibilizações das medidas restritivas em vigor, que estavam programadas para o dia 1 de junho. O motivo das suspensão é o aumento no número de casos e internações por Covid-19.

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

A medida foi uma orientação do Centro de Contingência da Covid-19 por conta do aumento de casos

Por Giovanna Figueiredo / Foto: Divulgação

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou hoje (26), a suspensão de maiores flexibilizações das medidas restritivas em vigor, que estavam programadas para o dia 1 de junho. O motivo das suspensão é o aumento no número de casos e internações por Covid-19.

O estado permanecerá até dia 14 de junho na fase de transição do Plano São Paulo, ou seja, fica tudo como está. Os comércios podem funcionar das 6h às 21h, com 40% da capacidade.

Até o dia 8 de maio o número de casos da vinha em queda, no entanto, de lá para cá, vem aumentando progressivamente. Na última segunda-feira (24), a média de casos ficou em 13.697.

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique Informado!

Siga a Gazeta

Leia Também

Publicidade