Conheça a história de São José Operário e do Santuário que leva seu nome, em Salesópolis

Em 19 de março é comemorado o dia de São José, o esposo da Virgem Maria, pai adotivo de Jesus e padroeiro da Estância Turística de Salesópolis. Ele é um dos santos mais conhecidos da Igreja Católica e é considerado o protetor dos trabalhadores, dos operários.

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

No dia de São José, a Igreja comemora um ano de elevação com Missa de Dedicação do Altar

Por Giovanna Figueiredo / Foto: Bruno Arib

Em 19 de março é comemorado o dia de São José, o esposo da Virgem Maria, pai adotivo de Jesus e padroeiro da Estância Turística de Salesópolis. Ele é um dos santos mais conhecidos da Igreja Católica e é considerado o protetor dos trabalhadores, dos operários.

A Bíblia conta que São José é um homem justo. Considerado o Patrono Universal da Igreja e da justiça social, acredita-se que ele intercede a Deus por todas as necessidades humanas. Para ressaltar a grande qualidade e poder de intercessão do santo como “trabalhador”, O Papa Pio XII instituiu uma segunda festa em homenagem a ele, a festa de “São José Operário”, que acontece no dia primeiro de maio – Dia do Trabalho.

A ligação de São José com Salesópolis vem desde a criação da cidade. O donatário das terras que hoje abrigam a cidade, Antônio Martins de Macedo, se estabeleceu com sua família, construiu casa de comércio e outras residências, formando um pequeno povoado, nele se edificando o templo religioso com o nome de Capela de São José do Paraitinga.

Igreja

A matriz de Salesópolis foi inaugurada no dia 30 de outubro de 1911. Em suas paredes estão pinturas e imagens de mais 100 anos, e as paredes do lugar foram erguidas com a ajuda dos próprios fiéis. O livro de tombo (que tornou o prédio patrimônio histórico) conta que quando chegou um carregamento de tijolos para a construção, o mesmo foi depositado muito distante do local, dificultando o andamento da obra da igreja.

Após verificar o problema, o povo realizou uma procissão em louvor ao Santíssimo Sacramento, colocando no itinerário o local onde haviam sido depositados os tijolos. Essa procissão foi realizada atraindo inúmeros fiéis vindos de várias partes da região e, ao passar pelas pilhas de tijolo, cada um empunhava um tijolo, levando-o até à obra.

A população salesopolense tem muita fé e essa fé atraí gente de toda parte para as missas da primeira quinta-feira do mês. Essa peregrinação rendeu à paróquia a elevação para Santuário. A cerimônia aconteceu no dia 19 de março de 2020 e, na última sexta-feira (19), completou um ano, com direito a missa de dedicação do Altar.

Em 2019, o prédio passou por um processo de restauro na parte exterior, voltando à sua cor original e também em alguns pontos do interior da igreja.

Operário ou Piratininga

São José, pai adotivo de Cristo, é chamado de São José Operário, no entanto, a capela de Salesópolis recebeu o nome de São José do Paraitinga, em referência ao afluente do Rio Tietê, que nasce no município.

VEJA MAIS:

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique Informado!

Siga a Gazeta

Leia Também

Publicidade