Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

TV GAZETA REGIONAL

Vereador aponta arma para colega dentro da Câmara de Querência

Circuito de segurança flagrou o momento em que os parlamentares discutiram e ação aconteceu Da Redação / Foto: Reprodução/Internet Uma câmera de segurança registrou o momento em que o vereador Neiriberto Martins Erthal, de 46 anos, saca uma arma e aponta para o colega de parlamento Edmar Lucio Batista, durante uma sessão na Câmara de Querência (MT), a 912 km de Cuiabá, nesta segunda-feira (21). A gravação mostra parte da discussão entre os vereadores. Na sequência, Neiriberto se levanta e dá um soco em Edmar. Quando ele tenta voltar à cadeira, escorrega e, em seguida, já se levanta sacando a arma e apontando em direção ao outro vereador. A Câmara de Querência disse, em nota, que a sessão foi suspensa após a confusão, mas que não houve feridos. A Casa informou ainda que uma investigação policial será instaurada para apurar o caso. A polícia disse que a arma usada na ameaça não foi encontrada.

Notícia Completa

Samu: 10 anos de história no Alto Tietê

A GAZETA conclui sua reportagem especial com os enfermeiros mais expedientes da unidade Da Redação / Foto: Bruno Arib Dando continuidade à reportagem especial sobre os dez anos de atendimentos do Samu 192 Regional Mogi das Cruzes, a GAZETA publica a sua segunda entrevista, dessa vez com a enfermeira assistencial Marisa Pacheco Marques, que tem 33 anos de experiência na área da saúde. Ela é uma das primeiras colaboradoras do Samu na região. Marisa já atuou em diversos segmentos da enfermagem e, nesses dez anos de Samu, ela disse que está em uma fase muito feliz da sua vida. Durante todo esse tempo socorrendo vítimas no Alto Tietê, Marisa contou que o atendimento que a deixou mais sensibilizada foi um resgate de uma vítima que ficou presa às ferragens de um caminhão. Depois de três horas e meia de resgate, a vítima foi socorrida ao hospital sem nenhuma sequela. “Ele saiu bem, já foi embora para casa e isso é muito gratificante, traz muita felicidade para a gente que se empenha num resgate desse.”

Notícia Completa

Samu: 10 anos de atendimentos históricos

Enfermeiros mais experientes de Mogi e região relatam ocorrências mais impactantes Por Will Siqueira / Foto: Bruno Arib Em referência aos dez anos do Samu 192 Regional Mogi das Cruzes, completados em 2021, a GAZETA preparou uma reportagem especial, dividida em duas partes, com os colaboradores mais antigos da unidade. A primeira entrevista foi realizada com o enfermeiro assistencial José Luiz Pezzuol, 53 anos, que já atua no serviço pré-hospitalar há quase 35 anos e está no Samu, em Mogi das Cruzes, desde a sua instalação. E em meio aos muitos socorros que ele e toda equipe do Samu 192 Regional Mogi das Cruzes já prestaram nas cidades do Alto Tietê (o qual atende Mogi e mais cinco municípios da região), é evidente que houve ocorrências que marcaram suas vidas – seja pelo grau de dificuldade, pela emoção de um salvamento etc. No caso dele, especificamente, o atendimento do qual participou e jamais esquece está relacionado a uma moça de Arujá. De acordo com o enfermeiro, ele e seus colegas a socorreram realizando um verdadeiro trabalho de equipe. “Fizemos um trabalho todo estruturado, com o Águia, da Polícia Militar, o Samu e o Hospital das Clínicas de São Paulo, onde conseguimos a estabilização dessa moça aqui no Samu e a levamos para o hospital.” Já no Hospital das Clínicas, os médicos, com toda a equipe já preparada, conseguiram fazer o reimplante do seu braço, segundo Pezzuol:

Notícia Completa

Diocese de Mogi completa 60 anos; veja a programação de aniversário

Para celebrar a data, haverá peregrinação da imagem de Sant’Ana pelas cidades do Alto Tietê Por Júlia Andrade / Foto: Bruno Arib A Diocese de Mogi das Cruzes completa, em 2022, 60 anos de fundação e a data será celebrada durante todo o ano, com missas e a peregrinação da Imagem Peregrina de Sant’Ana, padroeira da Diocese, pelos municípios do Alto Tietê. Santa Isabel foi a primeira cidade da região a receber a imagem, no dia 30 de janeiro. Agora, ela passará por outros municípios e paróquias, sempre ao 30º dia do mês, com exceção de fevereiro, em que a celebração acontecerá no dia 28. A próxima cidade listada na programação é Arujá (fevereiro), seguida de Itaquaquecetuba (março), Ferraz de Vasconcelos (abril), Poá (maio), Suzano (junho), Brás Cubas, em Mogi das Cruzes (julho), Catedral Sant’Ana e César de Souza, em Mogi (agosto), Biritiba Mirim (setembro), Salesópolis (outubro), Guararema (novembro) e a última peregrinação será na Catedral Sant’Ana (dezembro) com a grande Celebração do Jubileu de Diamante, onde todas as pastorais participarão. No mês de julho, no dia 2, acontece a Romaria ao Santuário Nacional de Aparecida, e entre os dias 16 a 26, a Festa de Sant’Ana. Já a Festa Diocesana Evangelizai é celebrada de 17 a 20 de novembro. O tema do Ano Jubilar é “Senhora Sant’Ana, doce mãe deste rincão, fortalecei-nos na missão.” Com orgulho, o bispo Dom Pedro Luiz Stringhini falou sobre o tamanho da comunidade:

Notícia Completa

Vítimas são tragadas por tubulação que não dá vazão à água de chuva na Dutra

Homens morrem afogados próximo à rodovia; CCR põe culpa na geografia para não gastar Por Aristides Barros / Foto: Bruno Arib O trecho na altura do km 196 da Rodovia Dutra (BR-116), bairro Estância Pacaembu, em Arujá, já levou as vidas de dois amigos do autônomo Antônio Aparecido Ferreira, 46 anos.  A primeira morte foi de seu primo, identificado apenas pelo apelido de João Grandão, que morreu há três anos vítima de afogamento, porque todo o entorno do trecho fica totalmente alagado a cada forte chuva.   O óbito mais recente, acontecido na noite de sábado (29), vitimou, também por afogamento, o eletricista Odilon Cezar, 59 anos.  Ele e Antônio estavam em um carro que caiu dentro de uma cratera localizada no final da rua que dá acesso à rodovia. A cratera fica impossível de ser avistada porque a rua se “transforma” em rio quando cai forte chuva. Odilon não conseguiu sair do veículo a tempo e morreu. Antônio saiu e brigou de “braçadas” pela vida, nadando contra a correnteza para não ser sugado pela tubulação que não dá vazão ao aguaceiro que se forma no local. Odilon morava no bairro Copaco há oito anos. Ele deixou esposa e duas filhas. A família está devastada pela tragédia.  Depois de muito lutar contra a morte, Antônio conseguiu sobreviver graças a um motociclista que passava pela Dutra e, vendo a cena, ajudou o autônomo até a chegada dos bombeiros, que foi acionado pelo próprio motociclista. IMPASSE  A CCR Nova Dutra tem a concessão sobre a Rodovia Dutra e, pelo contrato, existe a obrigatoriedade da concessionária implementar obras visando a segurança de motoristas e pedestres usuários da rodovia. A prefeitura adiantou que vai colocar proteção nas laterais e realizar mais obras de melhorias para que tragédias que vitimaram de morte duas pessoas não voltem a acontecer. Já a concessionária considera que o sistema de drenagem daquele trecho da Rodovia Presidente Dutra está em perfeito estado de conservação, “sendo que o problema transcende a faixa de domínio da rodovia, acumulando água na rodovia por uma questão geográfica.”

Notícia Completa
Fique Informado!

Siga a Gazeta