Aplicação da segunda dose em idosos com mais de 80 anos de Suzano terá drive-thru

A campanha de imunização contra o novo coronavírus (Covid-19) em Suzano segue nesta quinta-feira (11) com a aplicação da segunda dose da CoronaVac, que é o imunizante do Instituto Butantan. Nesta etapa, o público-alvo são os idosos maiores de 80 anos e os trabalhadores da saúde que já participaram da primeira fase, com a dose inicial aplicada até meados de fevereiro, cumprindo assim o prazo de espera de 14 e 28 dias.

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

Para receber a CoronaVac nesta quinta (11), será preciso apresentar o cartão de vacinação da primeira etapa, CPF e documento original com foto

Da Redação / Foto: Wanderley Costa|Secop Suzano – Divulgação

A campanha de imunização contra o novo coronavírus (Covid-19) em Suzano segue nesta quinta-feira (11) com a aplicação da segunda dose da CoronaVac, que é o imunizante do Instituto Butantan. Nesta etapa, o público-alvo são os idosos maiores de 80 anos e os trabalhadores da saúde que já participaram da primeira fase, com a dose inicial aplicada até meados de fevereiro, cumprindo assim o prazo de espera de 14 e 28 dias. A ação será concentrada na Arena Suzano, que fica dentro do Parque Municipal Max Feffer (avenida Senador Roberto Simonsen, 90 – Jardim Imperador), a partir das 9 horas. O atendimento em sistema drive-thru estará disponível somente para idosos.

Para receber a segunda dose do imunizante, será preciso apresentar o cartão de vacinação adquirido na primeira etapa, CPF e documento original com foto. “As equipes de Saúde estão prontas para mais essa etapa, que dá continuidade ao trabalho de imunização desenvolvido na cidade desde o dia 20 de janeiro. Desta vez, retomaremos a ação iniciada na semana passada, garantindo a segunda dose a quem já tomou a primeira. É muito importante a participação de todos que se incluem nesta situação para que seja concluída a vacinação e garantida maior eficácia do imunizante”, disse o secretário municipal de Saúde, Pedro Ishi.

Em seguida, na sexta-feira (12), a pasta recomeça a vacinação com a primeira dose para os idosos a partir de 77 anos. O objetivo é alcançar o maior número possível do público desta faixa etária, sobretudo aqueles com até 79 anos.

“Esta nova data foi possibilitada pelo envio de novas doses da CoronaVac. Estamos empenhados em levar a vacina para todos que se enquadram no público-alvo, conforme o plano de vacinação. Trabalhamos com os lotes periodicamente enviados ao município. Em breve, assim que possível, anunciaremos datas para a vacinação dos idosos de outras faixas etárias. A expectativa é de que aconteça de maneira decrescente, dos mais velhos para os mais novos, assim como vem sendo observado desde o início da campanha. Contamos com a compreensão e a colaboração de todos os suzanenses na luta contra o coronavírus”, destacou.

Para receber a dose inicial, o munícipe deverá apresentar documento original com foto, CPF, comprovante de endereço de Suzano e uma filipeta oficial devidamente preenchida com letra legível. A ficha pode ser acessada e impressa por meio do link http://bit.ly/FichaCovid. Além disso, o idoso deve efetuar o pré-cadastro no site Vacina Já (https://www.vacinaja.sp.gov.br/), do governo estadual. O sistema drive-thru para idosos com dificuldades de locomoção estará disponível nos dois dias de campanha.

Telemedicina

Em caso de surgimento de sintomas da Covid-19, como tosse, febre, coriza e a perda de olfato e paladar, o serviço gratuito de telemedicina pode ser acionado. As consultas virtuais com profissionais da rede municipal de saúde já alcançaram 2,9 mil pessoas, desde o início da pandemia.

Para ser atendido, basta ligar gratuitamente para a Central de Combate ao Coronavírus, no número 0800-484-8001. O acolhimento se inicia com um processo de triagem, em que munícipe deve informar ao atendente CPF e endereço. Em seguida, uma SMS (mensagem de texto) é enviada ao celular do paciente com um link que o direciona para a videochamada com um médico. 

As consultas à distância visam agilizar o atendimento ao público e minimizar os riscos de contaminação dos envolvidos, médicos e pacientes. Durante o atendimento, o especialista fornece informação adequada ao paciente e avalia a suspeita, com orientações de isolamento para condições leves e encaminhamento ao serviço de saúde quando constatado quadro de risco. O serviço da Prefeitura de Suzano também realiza acompanhamento dos casos, portanto, os cidadãos que estiverem com sintomas receberão mensagens a cada 48 horas para monitoramento de suas condições clínicas enquanto durarem seus períodos de isolamento.

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique Informado!

Siga a Gazeta

Leia Também

Publicidade