Apae de Mogi volta às aulas online e faz pesquisa para retomada presencial

Os 500 alunos da APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Mogi das Cruzes já retornaram às aulas, no momento, de maneira online, mas alguns poderão voltar de forma presencial. A retomada deve ocorrer no dia 8 de fevereiro, com rodízio de alunos e limite de até 35% de ocupação.

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

Da Redação / Foto: Divulgação

Os 500 alunos da APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Mogi das Cruzes já retornaram às aulas, no momento, de maneira online, mas alguns poderão voltar de forma presencial. A retomada deve ocorrer no dia 8 de fevereiro, com rodízio de alunos e limite de até 35% de ocupação.

Para que isso ocorra, a diretoria pedagógica fez uma pesquisa com os pais de alunos para saber quem retornará para as aulas presenciais. “O nosso ano letivo começou na segunda-feira (25), ainda remotamente. Mas após o resultado da pesquisa, vamos saber quem virá nas atividades presenciais, adotando protocolos e medidas sanitárias de segurança e com salas organizadas de acordo com a quantidade que podemos receber”, explica a diretora pedagógica, Ana Paula Nogaroto.

Apesar disso, há alunos que não retomarão às atividades presenciais: são os que integram o grupo de risco e possuem comorbidades, como problema respiratório grave, diabetes, hipertensão, entre outros e também aqueles, cujas famílias optarem por não retornar neste momento.

“Todos os alunos estão recebendo as atividades online para fazer em casa. Não é obrigatória a presença dos alunos nas salas de aula enquanto o Estado estiver nas fases laranja ou vermelha, as mais restritivas do Plano São Paulo. Por isso, a família tem a opção de não enviar o aluno. Neste caso, a presença é facultativa, mas os alunos têm de fazer as atividades online”, disse Ana Paula.

Neste momento, a APAE de Mogi das Cruzes está pensando na segurança e na saúde dos alunos. “Para que tenhamos um retorno seguro, trabalharemos em conjunto ‘família x escola’, seguindo todos os protocolos que recebemos, isso é de grande importância, pois nosso objetivo é proteger vidas e fazer deste momento presencial uma oportunidade para minimizar impactos causados, por quase um ano, de distanciamento das atividades escolares.

Cada família, tem seus motivos e necessidades, ouviremos todos e faremos o melhor para que nenhum dos nossos alunos (seja de maneira presencial ou online) sejam prejudicados”, reforça a diretora pedagógica da APAE de Mogi das Cruzes.

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique Informado!

Siga a Gazeta

Leia Também

Publicidade