Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

André do Prado acredita que as obras na Estrada de Santa Isabel terão início em dezembro

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

O DER apresentou detalhes do projeto que prevê a duplicação de 12,48 quilômetros da SP-56, entre Arujá e Itaquaquecetuba, com investimento de R$ 400 milhões

Da Redação / Foto: Divulgação

O deputado estadual André do Prado (PL) participou na terça-feira (18) da audiência pública realizada pelo DER sobre a duplicação da Estrada de Santa Isabel (SP-56), entre Arujá e Itaquaquecetuba. Os participantes puderam conhecer o projeto que prevê a modernização de 12,48 quilômetros de extensão, entre os dois municípios, totalizando um investimento de R$ 400 milhões.

Segundo o que antecipou o parlamentar, além da duplicação, a estrada vai contar com corredores exclusivos, que diminuirão o tempo de viagem e darão acesso mais rápido à linha 12 – Safira da CPTM e a outros importantes serviços, como o Hospital Santa Marcelina, referência em várias especialidades na região, e ciclovia.

Para André do Prado, essa é a maior obra de mobilidade do Governo do Estado no Alto Tietê.

“Desde 2019, eu e o deputado federal Marcio Alvino [PL] priorizamos essa obra em nossos mandatos. Fizemos uma grande mobilização popular, coletando mais de 20 mil nomes em um abaixo-assinado que entregamos ao vice-governador Rodrigo Garcia [PSDB]. Nossa luta deu resultado”, comemorou.

A previsão do DER é lançar um novo edital em junho desse ano. A duplicação está dividida em três lotes, com previsão de início das obras em dezembro. 

A SP-56 é um dos corredores mais importantes da região. Por dia, a estrada registra uma média de fluxo de 30 mil veículos. A expectativa é de que a modernização da estrada beneficie, aproximadamente, meio milhão de pessoas.

A duplicação da via é um pedido antigo da população, porque em vários momentos, há registro de congestionamento e lentidão, aumentando o tempo de viagem e comprometendo a mobilidade da população. Com esse investimento, os motoristas que trafegam pela SP-56 terão acesso mais rápido às rodovias Ayrton Senna (SP-70), Mogi-Dutra (SP-88) e Presidente Dutra (BR-116).

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique Informado!

Siga a Gazeta

Leia Também

Publicidade