Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Orgulho LGBTQIA+ é importante para 70% no Brasil, diz estudo

Empresária da área de brindes reforça como ações sociais corporativas podem auxiliar na conscientização
Orgulho LGBTQIA+ é importante para 70% no Brasil, diz estudo
Orgulho LGBTQIA+ é importante para 70% no Brasil, diz estudo

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

As paradas e celebrações a favor do Orgulho LGBTQIA+ são importantes para 70% dos brasileiros, segundo pesquisa do Instituto Locomotiva e QuestionPro. O estudo revelou que as manifestações pela diversidade, ocorridas durante o mês de junho, têm maior apoio entre as mulheres (com 73%) e que o reconhecimento da importância da luta pelos direitos de igualdade é mais comum entre pessoas da geração Z (18 a 29), com 77%.

O mês do Orgulho LGBTQIA+ é comemorado em junho no Brasil e em diversos países. Historicamente, as celebrações tiveram início em cidades dos Estados Unidos em 1970, por meio de marchas que protestavam contra a violência policial, recordando um episódio de abordagem violenta ocorrido em Nova York em 28 de junho de 1969, e que buscavam a equiparação de direitos para os homossexuais, já que na época era proibida a relação entre duas pessoas do mesmo sexo.

“O dia 28 de junho é marcado pela celebração do Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+, que representa a luta por direitos e igualdade de pessoas que não aguentam mais sofrer tanto ódio e preconceito”, afirma Juana Nascimento, CEO da Drika Brindes.

A empresária destaca que, entre tantos desafios enfrentados pela comunidade LGBTQIA+, a dificuldade de inserção no mercado de trabalho e a discriminação sofridas por colaboradores por conta da orientação sexual ou identidade de gênero, são obstáculos que precisam ser superados. “Apesar do cenário ter apresentado melhora ao longo dos últimos anos, muitas organizações ainda não contratam LGBTQIA+ para cargos de chefia”. 

Brindes personalizados podem auxiliar em causa social

Juana ressalta a necessidade de colocar em prática ações educativas que incentivem a compreensão das diferenças no ambiente de trabalho, como por exemplo, a distribuição de material específico para difundir apoio e acolhimento à causa LGBTQIA+.

Conforme explica a empresária, uma estratégia prática e segura que pode ser adotada pelas empresas durante o mês de junho é a distribuição de brindes personalizados que enaltecem a diversidade. “Somada a outras práticas de promoção de igualdade, os brindes ajudam a fortalecer a reputação das empresas que buscam um ambiente de trabalho justo e equitativo”.

Entre os brindes mais indicados por Nascimento em apoio ao público LGBTQIA+ estão o cordão para crachá, bottons, cartelas de adesivos, sacolas ecobags e bandanas que carregam as cores do arco-íris. “Estas são excelentes formas de divulgação das marcas que apoiam a igualdade e a luta contra o preconceito”, destaca.

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp
dino
Reportagens - 6747
Fique Informado!

Siga a Gazeta

Leia Também

Publicidade