Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Industrialização é alternativa prática e eficaz para a construção

Dentre os pontos positivos, se destacam a economia e a substituição de alguns processos manuais, já que grande parte dos materiais e estruturas chegam prontos aos locais de construção
Industrialização é alternativa prática e eficaz para a construção
Industrialização é alternativa prática e eficaz para a construção

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

De acordo com uma pesquisa do SEBRAE, as principais tendências do setor de construção civil estão relacionadas à sustentabilidade e inovação de processos para realização de obras. Dentre estas tendências está a pré-fabricação e a industrialização dos materiais utilizados.

A pré-fabricação é o conceito de uma construção feita por peças previamente criadas para montagem posterior. Já a industrialização, é uma prática que facilita a construção, já que descarta diversos procedimentos tradicionais e manuais dos canteiros de obras devido à grande parte dos materiais e estruturas já estarem prontos para serem utilizados, otimizando a construção de residências, edifícios e outras estruturas tanto com relação ao tempo de conclusão quanto pela economia e eficiência.

Segundo André Rossi, gerente de desenvolvimento e novos negócios da Barbieri do Brasil, tanto a pré-fabricação quanto a industrialização são conceitos aplicáveis à construção com uso de Drywall e Steel Frame, por serem características de ambos os sistemas: processos seriados (não artesanais) e o uso de ferramentas de alta eficiência com materiais certificados. “As práticas de construção a seco e Steel Frame estão relacionadas à indústria de transformação, aumentando a eficiência dos processos. A pré-fabricação é mais um passo para ampliar a eficiência destes produtos, e a industrialização é uma das características fundamentais, tendo em vista que os materiais que compõem o sistema são de origem industrial e fabricados por processos automatizados que garantem a padronização tanto de medidas quanto de desempenho”, explica.

Sendo assim, o executivo afirma que devido a esta padronização, é possível que a empresa saiba antecipadamente qual será o consumo final de cada componente, seus resíduos, como será aplicado na obra e o impacto ambiental que terá.

Além disso, Rossi ressalta que o Steel Frame permite uma pré-fabricação total na oficina, reduzindo o tempo de montagem em obra, evitando atrasos devido a condições climáticas. Além de que, por conta da industrialização, notam-se melhorias nas condições de trabalho dos operadores. “Fabricar painéis de Steel Frame na oficina implica trabalhar em climas controlados e em mesas de panelizado que permitem a montagem de painéis em série. A eficiência do processo é multiplicada quando é necessário construir várias casas idênticas, reduzindo ainda mais os tempos de montagem”, comenta.

Ainda de acordo com Rossi, outros benefícios da industrialização estão relacionados à redução de gastos com material e mão de obra, já que é necessário menos operadores no canteiro. “Basicamente a industrialização na construção civil é como se fosse uma linha de produção com a montagem de módulos fabricados industrialmente”, finaliza o executivo.

 

Sobre a Barbieri do Brasil

A Barbieri do Brasil nasceu em 2010 como empresa 100% brasileira, mas contando com a experiência da Barbieri Argentina,  empresa de família fundada em 1953, fabricante de produtos para o mercado da construção a seco. Barbieri do Brasil é uma indústria dedicada à fabricação de perfis de aço galvanizado para drywall, perfis de aço galvanizado estrutural para light steel framing, possuindo tecnologia internacional e atingindo com seus produtos todo o território brasileiro. 

 

 

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp
dino
Reportagens - 6069
Fique Informado!

Siga a Gazeta

Leia Também

Publicidade