Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

ART.PE consolida mercado de arte no Nordeste

Feira de arte moderna e contemporânea reúne 30 galerias de todo o Brasil no Recife e deve atrair público de 14 mil pessoas
ART.PE consolida mercado de arte no Nordeste
ART.PE consolida mercado de arte no Nordeste

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

A ART.PE – Feira de Arte Contemporânea de Pernambuco – chega a sua terceira edição consolidando o Nordeste como espaço de fomento do mercado de arte. Desta quarta, 26, até o dia 30 de junho, galerias de arte e instituições irão ocupar o Terminal Marítimo de Passageiros, do Porto do Recife. Durante os cinco dias da feira, é esperado um público de 14 mil pessoas, 20% a mais do que foi registrado no ano passado. A visitação será aberta das 14h às 21h. Ampliando a programação, será realizada, em paralelo, uma exposição com esculturas de Abelardo da Hora, no bairro da Várzea, no Recife.

Participam desta edição 30 galerias, instituições públicas e privadas e lojas de museus, sendo 20 galerias do Nordeste, além de Pará, Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina e de Portugal. A direção artística formada por Beth da Matta, Mônica Bouqvar e Filipe Campello acompanhou essas escolhas. A produção é da Archi Cultural, que tem direção executiva de Diogo Viana, idealizador do ART.PE.

Entre os museus, estão a Oficina de Cerâmica Francisco Brennand, Museu de Arte Moderna Aloizio Magalhães (MAMAM) e Instituto Ricardo Brennand (IRB). Também estarão presentes os projetos sociais com lojas a ONG Paramar e Movimento Pró-Criança.

“A ART.PE consolida-se hoje como um dos eventos relevantes do mercado nacional de artes visuais do Nordeste e do Brasil, atraindo artistas e colecionadores. Nas duas edições passadas, a feira recebeu personalidades do mercado das artes”, afirma Diogo Viana, arquiteto e produtor da Feira.

Centenário de Abelardo da Hora

A exposição “Hora, substantivo feminino” trará seis esculturas do artista visual Abelardo da Hora. A mostra ficará em cartaz de sexta a domingo, entre 28 de junho a 28 de julho, das 14h às 20h, no Quintal da Iron House, do Grupo Cornélio Brennand, no bairro da Várzea. O espaço fica localizado na área externa transformada em uma locação. A curadoria da exposição é assinada por Carlos Mélo. 

Realizada pela Galeria Boi, junto com a ART.PE, a exposição é uma homenagem ao artista com a exibição de seis esculturas, cujo recorte curatorial trata do tema da presença da mulher na obra de Abelardo da Hora.

Para a neta de Aberlado da Hora, Clara da Hora, a exposição é uma homenagem à trajetória do avô, que tem uma relação com o cenário cultural de Pernambuco. “Ele não foi apenas um artista, foi um agente político, tendo atuado como secretário de Educação e Cultura do Recife e criador de movimentos como Movimento de Cultura Popular e o Ateliê Coletivo. Também foi o criador da lei municipal que determina a inserção de obras de arte em construções com mais de mil metros quadrados, tendo um papel na paisagem do Recife. Ele traz a raiz da cultura em suas obras, que ocupam espaços da cidade, como o aeroporto e praças”, afirma Clara.

Fotografia

Outra novidade desta edição da Feira ART.PE é o Salão de Fotografia. O espaço contará com a participação de cerca de 20 artistas. A curadoria é assinada por Gustavo Bettini, diretor do Ateliê de Impressão.

O Salão de Fotografia receberá artistas nordestinos ou que tenham o Nordeste em sua pesquisa ou ainda, que morem com a Região. Participam do Salão de Fotografia da Feira ART.PE os artistas Alcir Lacerda, Akira Cravo, Alexandre Severo, Antônio Melcop, Aslan Cabral, Ashlley Melo, Caio Danyalgil, Claudio Maranhão, Coletivo Encruzilhada, Evandro Teixeira, Flora Negri, Fred Jordão, Géssica Amorim, Geyson Magno, Hélia Scheppa, Heudes Régis, Isaias Belo, Júlio Jacobina, Leo Caldas, Miva Filho, Priscilla Buhr, Rafael Martins, Roberta Guimarães, Rodrigo Braga e Yeda Bezerra de Melo.

“Buscamos mesclar nomes já consolidados no mercado de fotografias artísticas e outros que são promessas do gênero. A ideia é apresentar ao público a fotografia como arte, mostrar as possibilidades da imagem”, explica Gustavo Bettini.

Outros espaços

Além do Salão de Fotografia, a ART.PE terá outros espaços. A Arena BNB Cultural: Nordeste Expandido, oferecerá uma série de atividades para fomentar o setor da arte com palestras e rodas de conversas, lançamentos de livros, temas voltados ao mercado de arte e participações dos museus que estão presentes na Feira.

Os visitantes contarão, também, com o Salão de Design, com a presença das lojas Na Rosenbaum, Na Foz, Desenho Design e MV Cerâmica, todas com curadoria ART.PE. A Área Gastronômica terá a presença do Restaurante Cá-Já em um lounge para 30 pessoas. O bar Liamba, a sorveteria Degusta, a cafeteria Um Certo Café e o Wine Bar, com vinhos da WineConcept Brasil, completam o espaço.

A Iquine, uma das patrocinadoras da ART.PE, terá um espaço com 60 m² assinado pela arquiteta Cláudia Buchholz. O lounge conceitual da marca é inspirado na campanha publicitária comemorativa aos 50 anos, que possui paletas de cores criadas e pensadas em cada região do Brasil. A proposta é gerar uma atmosfera para os visitantes que forem conferir o local, valorizando a identidade cultural brasileira.

Serviço:
Exposição “Hora, substantivo feminino”
Data: De 28 de junho a 28 de julho, das 14h às 20h
Local: Quintal da Iron House (R. João Francisco Lisboa, 385 – Várzea)
Acesso gratuito

3ª ART PE – Feira de Arte Contemporânea de Pernambuco
Data: De 26 a 30 de junho, das 14h às 21h
Local: Terminal Marítimo de Passageiros, do Porto do Recife
Acesso gratuito para a Arena Arte e Mercado de palestras

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp
dino
Reportagens - 6744
Fique Informado!

Siga a Gazeta

Leia Também

Publicidade