Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Seguro viagem é essencial na garantia de boas férias

Especialista explica sobre a importância do produto, que é útil em caso de situações inesperadas durante as viagens
Seguro viagem é essencial na garantia de boas férias
Seguro viagem é essencial na garantia de boas férias

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

Em junho, tradicionalmente, começa a movimentação para os preparativos para as tão sonhadas férias. Enquanto muitos aproveitam o período para embarcar para o exterior, outros preferem curtir os destinos no Brasil. De junho a julho, por exemplo, a região Nordeste é uma das preferidas pelos turistas em função das festas populares de época, como a de São João. Levantamento recente do Ministério do Turismo, com informações das Secretarias Estaduais e Municipais de Turismo, revela que mais de 21,6 milhões de pessoas devem curtir esses tradicionais festejos.

Para quem tem como rota um destino fora do Brasil, é preciso atenção redobrada. Uma das recomendações é fazer o seguro viagem que, além de ser pré-requisito para entrar em alguns países, proporciona férias tranquilas e sem custos com despesas inesperadas.

Segundo a diretora-superintendente da Unicred Central Multirregional, Carolina Ramos, a contratação de um seguro viagem se mostra essencial para garantir proteção e assistência em situações imprevistas. “É uma segurança para o viajante, pois cobre gastos inesperados. A gente sabe que, por mais que haja planejamento, imprevistos podem acontecer”, afirma.

A especialista ressalta que o seguro viagem oferece cobertura para despesas relacionadas ao extravio de bagagem, cancelamento de voos, entre outros serviços importantes, proporcionando tranquilidade e segurança aos viajantes. “Além de atender a exigências legais em diversos países, o seguro viagem protege os turistas de imprevistos que podem causar grandes transtornos e prejuízos financeiros”, ressalta.

Carolina lembra que o acesso a serviços de saúde em muitos países pode ser difícil e caro para os turistas. “Por isso é importante ter um seguro que cubra despesas médicas, incluindo consultas, tratamentos e hospitalização; atendimento necessário sem enfrentar dificuldades financeiras.

De acordo com a diretora, alguns países exigem a comprovação de seguro viagem para a concessão de vistos de entrada. A União Europeia, por exemplo, requer que os turistas possuam um seguro com cobertura mínima de 30 mil euros para despesas médicas, como parte das condições do Acordo de Schengen. 

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp
dino
Reportagens - 6584
Fique Informado!

Siga a Gazeta

Leia Também

Publicidade